PETROBRAS ACEITA OCEANÓGRAFO COMO RESPONSÁVEL TÉCNICO PARA ATIVIDADES DE LEVANTAMENTO HIDROGRÁFICO

26 Oct 2017

    

Uma importante ação da AOCEANO garantiu aos oceanógrafos a realização de atividades de levantamentos hidrográficos (LH) nas contratações de profissionais para este tipo de serviço pela Petrobras. Até setembro deste ano, a Estatal somente aceitava em seu cadastro de fornecedores os responsáveis técnicos com registros em seu respectivo conselho profissional. A regra ignorava os oceanógrafos, que dispõem desta habilitação e fazem levantamentos hidrográficos respaldados pela emissão de Atestado de Habilitação Técnica – AHT emitido pela AOCEANO e reconhecido pela Marinha, através da NORMAN 25, norma que regulamenta as atividades de batimetria e serviços hidrográficos realizados no Brasil.

 

“A NORMAN 25 diz que tanto o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia – CREA, assim como a AOCEANO, podem emitir documentação para estes levantamentos hidrográficos”, afirma o presidente da AOCEANO, oceanógrafo João Thadeu de Menezes. Segundo ele, após tratativas com a Petrobras, a empresa reconheceu o pleito e passou a aceitar os profissionais oceanógrafos como responsáveis técnicos nestes serviços.

 

O profissional graduado em Oceanografia ou Oceanologia é habilitado a realizar uma série de serviços demandados pela indústria do petróleo, em particular aqueles executados nas áreas offshore. Ele dispõe de documentos regulatórios como a AHT e, principalmente, a Declaração de Habilitação Técnica – DHT, que habilita o profissional ao exercício de qualquer atividade relacionada à Oceanografia, e é aceito em todo o território nacional. A AOCEANO também emite a Certidão de Acervo Técnico – CAT, que comprova, junto com a DHT, a capacidade técnica do exercício profissional através do registro dos serviços prestados.

 

Entretanto, segundo informações que chegaram à AOCEANO, a Petrobras insistia que a empresa cadastrada em seu sistema tivesse como responsável técnico profissionais das áreas de Engenheira Cartográfica, Engenharia de Agrimensura, Engenheira Oceânica, Geologia, Geofísica e Meteorologia, todos ligados ao sistema CREA, como se o profissional oceanógrafo não tivesse competência para tal.

 

"Desta forma, e considerando a similaridade em várias habilidades e funções dos Oceanógrafos entre esses profissionais, nada mais justo que o oceanógrafo também fosse aceito como responsável técnico das empresas incluídas, ou que pretendem se cadastrar, no cadastro de fornecedores da Petrobras", pondera João Thadeu.

 

Ele ressalta que a associação de Oceanógrafos e empresas de Oceanografia aos quadros da AOCEANO é a principal forma de garantir, reforçar e aumentar a representatividade da Oceanografia junto ao mercado de trabalho, que em algumas situações ainda descarta os Oceanógrafos de processos nos quais ele dispõe de plena competência.

 

Para se associar à AOCEANO, basta acessar aqui e preencher o formulário. Mais informações pelo telefone (47) 3367-2202 ou pelo e-mail aoceano@aoceano.org.br.

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

AOCEANO PARTICIPA DO I FÓRUM BRASILEIRO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO PARA OS OCEANOS, EM SALVADOR, BAHIA

May 21, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Segunda a Sexta  8h - 12h

                              14h - 18h

ENDEREÇO

Avenida Rui Barbosa, nº 372, Sala 04

Bairro Praia dos Amores

Balneário Camboriú, SC

CEP: 88331-510

aoceano@aoceano.org.br

Tel. fixo: (47) 3367-2202 Cel: (47) 9 9686-9867

Associação Brasileira de Oceanografia

CNPJ 90.221.151/0001-62

 

  • Black Instagram Icon
  • Facebook Basic Black